Desafio Arapuru 2021: te convidamos a

descobrir os
futuros clássicos
da coquetelaria
brasileira.

parallax background
 

Desafio Arapuru 2021: te convidamos a

descobrir os futuros clássicos da coquetelaria brasileira.

 

 
A 2a edição do Desafio Arapuru buscou os futuros clássicos brasileiros!
Temos muito o que descobrir dentro da coquetelaria brasileira, por isso buscamos os coquetéis que irão fazer parte dessa história.
Nesta 2ª edição, convidamos os bartenders a participarem em mais uma discussão sobre a essência da nossa cultura, desta vez pensando quais coquetéis poderiam se tornar clássicos e representar a brasilidade aqui e fora do país.
Encerramos a edição deste ano, mas em 2022 tem mais! Confira o resultado:

O desafio


Grave um vídeo com um coquetel com o potencial de um futuro clássico brasileiro.
Apresente seu coquetel e conte a ideia por trás da criação.
Dê o nome ao seu coquetel em homenagem à cultura e arte brasileira.
Poste no seu Instagram com as hashtags: #desafioarapuru #celebreaessenciabrasileira #arapurugin e marque o perfil @ARAPURUGIN.
Podem ser usados diferentes tipos de arte como inspiração! Seja música, pintura, dança, folclore ou culturas locais. Incentivamos pesquisar sobre o que te inspira #celebreaessenciabrasileira.
 
A 2ª edição do Desafio Arapuru está em busca dos futuros clássicos brasileiros!
Ainda há muito o que descobrir dentro da coquetelaria brasileira e estamos buscando os coquetéis que irão fazer parte dessa história.
Por isso, nessa 2ª edição do Desafio Arapuru, convidamos os bartenders a participarem em mais uma discussão sobre a essência da nossa cultura, desta vez pensando quais coquetéis poderiam se tornar clássicos e representar a brasilidade aqui e fora do país.

O desafio


Grave um vídeo com um coquetel com o potencial de um futuro clássico brasileiro.
Apresente seu coquetel e conte a ideia por trás da criação.
Dê o nome ao seu coquetel em homenagem à cultura e arte brasileira.
Poste no seu Instagram com as hashtags: #desafioarapuru #celebreaessenciabrasileira #arapurugin e marque o perfil @ARAPURUGIN.
Podem ser usados diferentes tipos de arte como inspiração! Seja música, pintura, dança, folclore ou culturas locais. Incentivamos pesquisar sobre o que te inspira #celebreaessenciabrasileira.

Etapas

1

18/05

Lançamento do desafio via Instagram

2

14/06

Fim do período de inscrições

3

14/06 - 04/07

Análise dos vídeos pelos jurados Arapuru

4

19/07

Divulgação dos vencedores
 

Premiação


Os 5 primeiros participantes receberão:
Um prêmio de R$ 1.000,00
Uma fotografia profissional do drink selecionado.
Um mixing glass Birdy assinado pelo Erik Lorincz.
Condições especiais para implementar o drink escolhido no bar de atuação!
Além disso, os 15 primeiros participantes serão selecionados para ganhar uma vaga no curso Mixologia Brasileira ministrado pelo Marco de La Roche

Critérios


60%: Ideia atrás da criação do “clássico brasileiro”
20%: Apresentação e entrega;
10%: Nome do coquetel;
10%: Presença do Arapuru Gin na receita;
 

Premiação


Os 5 primeiros participantes receberão:
Um prêmio de R$ 1.000,00
Uma fotografia profissional do drink selecionado.
Um mixing glass Birdy assinado pelo Erik Lorincz.
Condições especiais para implementar o drink escolhido no bar de atuação!
Além disso, os 15 primeiros participantes serão selecionados para ganhar uma vaga no curso Mixologia Brasileira ministrado pelo Marco de La Roche

Critérios


60%: Ideia atrás da criação do “clássico brasileiro”
20%: Apresentação e entrega;
10%: Nome do coquetel;
10%: Presença do Arapuru Gin na receita;

 

Regras:

Ser um drink autoral.
Usar destilado-base feito no Brasil. Recomendamos o Arapuru Gin, que possui ingredientes dos 5 cantos do Brasil na sua formulação.
Vídeo deve conter de 60 a 180 segundos de duração.
Vídeo não pode conter garrafas de outras marcas de destilado-base, a não ser Arapuru Gin.
Vídeo deverá ser postado no Instagram, com a hashtag #desafioarapuru #celebreaessenciabrasileira #arapurugin
O perfil do participante deve ser público.
Limitado a uma pessoa por perfil.
Uma receita por pessoa.
Os participantes devem ser bartenders profissionais e ter mais de 20 anos
Dê o nome ao seu coquetel em homenagem à cultura e arte brasileira.
 

Jurados

Catharina
Castro

Catha Castro, como é mais conhecida, já atuou em grandes e pequenas empresas do mundo da gastronomia brasileira e colaborou para as revistas Glamour e Prazeres da Mesa e para o site CNN Viagem e Gastronomia em matérias de lifestyle gastronomia.

Marco de
La Roche

Um dos maiores nomes da coquetelaria brasileira, Marco De la Roche tem mais de 20 anos de experiência no mercado de mixologia. Sua trajetória é marcada pela valorização da brasilidade dentro da coquetelaria nacional. Diretor de educação do Bar Convent SP, editor do podcast BarTalks e Mixology News.

Fafá de
Belém

É reconhecida por sua voz, carisma e alegria. Transborda brasilidade nas suas produções como cantora, compositora e atriz. Nascida em Belém, trouxe em seu repertório a musicalidade do carimbó, siriá, lambada, brega e guarânia, sua discografia exalta os ritmos nacionais.

Renata
Felinto

Doutora em Artes Visuais pela UNESP, Renata enxerga a arte como uma possibilidade de transformação social, de autoconhecimento e compreensão da sociedade. Trabalhando com ilustração, fotografia, escrita e performances, busca entender a brasilidade por outro ângulo.

Mike
Simko

Mike nasceu na Eslováquia, mas mora no Brasil desde 2013. Aqui se apaixonou por um Brasil menos óbvio: rico em cultura, história e uma grande variedade de ingredientes culinários. Após um estudo cuidadoso, com as orientações do premiado destilador inglês Rob Dorsett, criou a receita do nosso gin.

Conheça os 5 futuros clássicos
da coquetelaria brasileira:

Claudio Rocha
Do Cerrado

Débora Fernandes
João de Barro

Matheus Costa
Alvorada

Raul Vital
Gin Tropicália

Ricardo Araújo
Cabra da peste

 

15 selecionados para o curso
de Mixologia Brasileira:

 
Alex Costa - Onda
Amanda Linhares- Meu Bloquinho
Angelo Camargo - Seletor de frequência
Brian Cavalcante - Nação
Claudio Rocha - Do Cerrado
Débora Fernandes - João de Barro
Johnny Oliveira - O Virgulino
Luiz Belo - Iracê Yami
Mateus Souza - Quintana
Matheus Costa - Alvorada
Neloy - O Guarani
Puma Ricardo - Sabiá
Raul Vital - Gin Tropicália
Ricardo Araújo - Cabra da peste
Waka Morishita - Mandrake

 

Dicas


Queremos saber sobre a história do seu coquetel! Conte pra gente sobre os ingredientes ou sobre como a cultura brasileira que te inspirou.
Certifique-se de que é possível ouvir o som do vídeo com clareza.
Preste atenção no tempo do vídeo (não mais de 3 minutos!).
Clássicos podem ser feitos em qualquer lugar do Brasil. Pense em um coquetel fácil de replicação e com ingredientes abundantes em todo o país.
Podem ser usados diferentes tipos de aspectos da arte e cultural brasileira como inspiração! Seja música, pintura, dança, folclore ou tradições locais. Incentivamos pesquisar sobre o que te inspira #celebreaessenciabrasileira
INSTAGRAM TV: 1080 pixels (largura) X 1920 pixels (altura) na proporção de 9:16;
Poste com a melhor qualidade possível

Dicas


Queremos saber sobre a história do seu coquetel! Conte pra gente sobre os ingredientes ou sobre como a cultura brasileira que te inspirou.
Certifique-se de que é possível ouvir o som do vídeo com clareza.
Preste atenção no tempo do vídeo (não mais de 3 minutos!).
Clássicos podem ser feitos em qualquer lugar do Brasil. Pense em um coquetel fácil de replicação e com ingredientes abundantes em todo o país.
Podem ser usados diferentes tipos de aspectos da arte e cultural brasileira como inspiração! Seja música, pintura, dança, folclore ou tradições locais. Incentivamos pesquisar sobre o que te inspira #celebreaessenciabrasileira
INSTAGRAM TV: 1080 pixels (largura) X 1920 pixels (altura) na proporção de 9:16;
Poste com a melhor qualidade possível

DESCUBRA O NOVO
CLÁSSICO NACIONAL


#DesafioArapuru #CelebreAEssenciaBrasileira

 

Perguntas Frequentes:

1É obrigatório o uso de Arapuru na receita?
Não! Infelizmente vivemos um momento de pandemia e não podemos limitar que usem apenas nosso produto. Contudo, será um diferencial utilizar Arapuru, uma vez que o produto possui 12 botânicos dos 5 cantos do Brasil e é muito versátil na coquetelaria. Recomendamos que se você não tiver Arapuru no seu bar ou na sua casa, que busque com conhecidos para realizar sua receita.
2O destilado base deve ser gin?
Não necessariamente, está na regra que o destilado deve ser produzido no Brasil. Por isso, pode ser Cachaça, Gin, Rum, entre outros. Contudo, recomendamos o uso de Arapuru Gin pois possui 12 botânicos dos 5 cantos do Brasil e é muito versátil na coquetelaria
3Posso postar meu vídeo em outra rede social?
É mandatório que o vídeo seja postado no Instagram com as hashtags #desafioarapuru #celebreaessenciabrasileira #arapurugin e marcando o perfil @ArapuruGin. Contudo, se além do Instagram, você queira postar em outras redes sociais, fique à vontade.
 

Para conferir a trajetória do Desafio Arapuru 2021,

clique aqui

 

Loja